Caracterização

Nos limites das terras de Arganil e Pampilhosa da Serra, Colmeal e Cadafaz distam aproximadamente quinze quilómetros da vila de Góis, sede de Concelho. Compreende os lugares de: Candosa, Cadafaz, Mestras, Corterredor, Tarrastal, Cabreira, Sandinha, Capelo, Colmeal, Quinta de Bolide, Malhada, Carrimá, Foz da Cova, Souto, Aldeia Velha, Carvalhal, Salgado, Saião, Sobral, Adela, Açor, Vale de Asna, Roçaio, Loural, Coiço, Ribeiro de Além e Quinta das Águias. Confronta com as Freguesias Alvares e Góis (Concelho de Góis), com as Freguesias de Cepos, Celaviza (Concelho de Arganil) e com as Freguesias de Fajão, Pampilhosa da Serra e Pessegueiro (Concelho de Pampilhosa da Serra).
Situando-se no centro de várias estradas convergentes das montanhas, Colmeal e cadafaz são as aldeias principais, sendo esta terra atravessada pelo rio Ceira,  apresentando águas límpidas e belas praias fluviais, o que atrai mlhares de turistas no verão. O rio CEIRA nasce na Serra do Açôr, perto da aldeia do Piódão e desagua no Mondego à entrada de Coimbra, depois de acompanhar a última parte do traçado da EN-17 (Estrada da Beira) e passar por várias localidades, como Malhada Chã, Covanca, Porto da Balsa (entre estas duas aldeias forma uma pequena e bonita barragem, a Barragem do Alto Ceira ou da Covanca), Fajão, Colmeal, Cadafaz, Góis, Serpins, Foz de Arouce, etc. 
Até Góis é um rio estreito, que desce pelas serras "entalado" nas margens - por vezes de escarpas abruptas. Depois de Góis, as margens alargam um pouco,voltando a estreitar a partir do Pêgo Negro, acompanhando a EN-17 até Coimbra. 
Atravessa bonitas paisagens, sempre enquadrado por arvoredo e por alguns penhascos rochosos.